POETAS DO BRASIL

Blog para divulgar poetas brasileiros e estrangeiros que têm participado das atividades do Congresso Brasileiro de Poesia, realizado anualmente na cidade de Bento Gonçalves/RS, sempre na primeira semana de outubro

quinta-feira, junho 07, 2007


GUILEM RODRIGUES DA SILVA — nasceu na cidade de Rio Grande, Rio Grande do Sul, numa primavera do século passado. É oficial reformado no posto de comandante (capitão-de-corveta) da Marinha do Brasil. Perseguido, foi obrigado a fugir do país, refugiando-se no Uruguai até novembro de 1966, quando transferiu-se para a Suécia, aonde chegou como o primeiro refugiado político da América Latina na Escandinávia. Em 1969, depois de estudos pré-universitários, matriculou-se na Universidade de Lund, Suécia, onde estudou línguas neo-latinas, completando seus estudos na Universidade de Estocolmo.
Em 1976, publicou seu primeiro livro na Suécia, escrito em espanhol e traduzido para o sueco por renomados poetas tais como Lasse Söderberg e Peter Ortman e tradutores como Jens Nordenhök e Estrid Tenggren. Atualmente escreve diretamente em sueco, sendo autor de vários livros de poesia e redator de antologias de poetas suecos e latinoamericanos. Seus poemas foram publicados em 32 antologias internacionais, entre essas a “Antologia Internacional Roda Mundo” de 2005, do Editor Douglas Lara. Publicou também um livro de ensino da língua portuguesa para suecos: “Portugisiska för Nybörjare” adotado pelas escolas de línguas na Suécia. Em 2002, publicou seu primeiro livro no Brasil “Saudade e uma canção desesperada”, prefaciado pelo poeta Reynaldo Valinho Álvarez, do Rio de Janeiro. Por ocasião do lançamento do livro no Sindicato dos Escritores do Rio de Janeiro, foi agraciado com o título e o diploma de Membro de Honra do mesmo sindicato. Traduziu inúmeras peças de teatro, entre as quais a “Marquesa de Sade”, de autoria do famoso escritor japonês Yukio Mishima, para o Real Teatro Dramático de Estocolmo e vários filmes suecos para o Brasil e Portugal e filmes brasileiros para os cimemas suecos.
Seus poemas foram traduzidos para o islandês, dinamarquês, persa, espanhol, macedônio e inglês, tendo sido publicados no México, Cuba, Estados Unidos da América do Norte, Noruega, Dinamarca, e Islândia.
Guilem Rodrigues da Silva é presidente da Associacão de Escritores do Sul da Suécia (Escânia), membro do Sindicato dos Escritores da Suécia, da Associacão sueco-dinamarquesa de escritores, da Société Européenne de Culture em Vene-za.
É professor de línguas e ocupa o cargo de juiz eleito do Tribunal de Segunda Instância no Hovrätten över Skåne och Blekinge, Suécia.


CANÇÃO

© GUILEM RODRIGUES DA SILVA

Eu fujo contigo agora
Para as Terras do Sem Fim
Onde Dona Janaina
Princesa de Aiocá
busca todos os começos
e tece rede de espumas
para os que morrem no mar

Eu fujo contigo agora
E meu pensamento brinca
Meu pensamento sonha
Com a nudez do teu corpo
Meu pensamento sonha
Com o sonho de estar em ti

Eu fujo contigo agora
Para as Terras do Sem Fim
Lá onde Iemanjá
Tem uma rede já pronta
para os que morrem no mar

Eu fujo contigo agora
P´ra os prados da minha infância
P`ra o meu Rio Grande criança
Onde Dona Janaína
Princesa de Aiocá
Que tece redes de espuma
Tece vida
Tece morte
Para os que vivem no mar

Vou levar-te para a praia
Beijar tua boca
À sombras das dunas de areia
Enquanto Dona Janaina
Princesa de Aiocá
Tece uma rede de espumas
Para dormirmos no mar


5 Comentários:

Anonymous Anônimo disse...

O que se pode comentar sobre Guilen da Silva e suas poesias?Nada!Nada que as palavras possam expressar...Guilen é sentimento.Uma mistura de ousadia e simplicidade, de ternura e coragem...Tráz nos olhos uma história de solidão e de glória,de dor e crescimento... Mas também tráz no sorriso acalanto,simplicidade, ternura e amor.E assim, quem se atreverá a falar sobre esse gaúcho de valor? Somente um ser sublime , que é DEUS o CRIADOR!
Daniela Pedra Mattos.RS, Brasil

4:02 PM  
Blogger LeinecyPereiraDorneles disse...

Que como falar sobre o GUILEM????
Somente que e um grande amigo, irmão de letras e meu querido afilhado, na cidade do Rio Grande.
Um homem com uma história fantástica de vida, que cada vez que penso nele ou que leio algo relacionado á ele, vejo o quanto foi e é guerreiro.
Seu trabalho literário??
Fantástico...Só posso aprender com ele.
A leitura de seus trabalhos me encanta e é algo prazeiroso.

Guilem Rodrigues é o amigo-irmão que DEUS me presentiou e que eu o amo de paixão.

A ele os meus parabéns pelo trabalho e o meu reconhecimento e encanto por ser sua amiga.

Um beijinhocarinhoso aqui da Praia do Cassino

Leinecy Pereira Dorneles

10:38 AM  
Blogger glorita disse...

Essa poesia é bem ao meu gosto,uma delícia com sabor de mar.

11:29 AM  
Anonymous Anônimo disse...

meu tio querido!!!lindo!!keila montiel

5:13 PM  
Blogger marcia correa disse...

Olá Sr. Guilem, sou filha do MUTUCA te mandei email e solicitei amizade no facebook. Abraços

8:39 AM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial