POETAS DO BRASIL

Blog para divulgar poetas brasileiros e estrangeiros que têm participado das atividades do Congresso Brasileiro de Poesia, realizado anualmente na cidade de Bento Gonçalves/RS, sempre na primeira semana de outubro

sexta-feira, maio 25, 2007


DANI BALEEIRO — Dani Aires Baleeiro, nasceu e cresceu em Goiânia – Goiás, em 1984. Fez ballet clássico por 8 anos, apaixonada por rock, sempre muito sensível e irrequieta, entrou para a Universidade aos 17 anos em Brasília. Abandonou o curso depois de 6 meses, retomou os estudos em Goiânia, onde cursou até o segundo ano de Comunicação Social na UFG. Trancou o curso, fez intercâmbio em Michigan e depois se aventurou como mochileira pelo estado de Massachusetts, nos USA, onde lecionou inglês para latinos e português para norte-americanos em 2004-2005.
Atualmente reside no Rio de Janeiro, onde estuda Tradução e Interpretação, leciona inglês e assessora eventos culturais como Tradutora e Intérprete. Escreve poemas desde os 14 anos.


RETRATO DO BRASIL

© DANI BALEEIRO

Mendigo na rua
Companheiro do lixo da classe privilegiada
Quem é ele? Lixo da sociedade desmentalizada?
Produto em série do capitalismo acelerado
Classe, marginalizada
Nulidade é seu código de barra
Linha, a libertinagem
Liberdade de escolha
Morrer de fome?
Roubar? Matar? Surtar?
Surta em seus devaneios frenéticos
Da janela, mera fotografia
Quem passa ignora
Cachorro sem dono,
Filho da mãe ou coitado
Seu discurso é o retrato falado
Sua vida, a sobra da opulência niilista
Sua voz... Hein?
O que é mesmo que eu estava dizendo?
Psiu... shshshshs
Vai começar mais uma novela no horário nobre
Saia da janela
O programa é novo
Alguns atores se repetem
Os figurantes são sempre os mesmos
A trama é previsível
O romance anti-heróico
E o retrato do Brasil
Continua ali... na calçada



8 Comentários:

Blogger Passos.anna disse...

A arte de cultivar

Parabéns pela iniciativa deste poeta que cultiva poetas!
Parabéns a Dany! Sua sensibilidade a flor da pele floresce e o com ela exala o perfume da vida, da morte, do amor, do quaseamor, do desamor, das aventuras e desventuras de viver e flor, perfume e essência são transformados em poemas e poesias.

grande beijo,
sua amiga-irmã hoje e sempre!
Anna Paulla Passos

1:19 PM  
Anonymous Anônimo disse...

Parabéns mesmo!!!

Como diz o comentário ai de cima, são louváveis tais iniciativas.
E parabéns a ti Dani, muito sucesso para que tuas letras alcancem várias mentes e corações.

Grande Abraço do sempre amigo Matheus Pavan!!!

5:37 PM  
Blogger Silmaravilhosa disse...

Muito bom! Gostei msm...

Um abraço.

3:39 PM  
Blogger Alexandre disse...

Linda... maravilha de percepção! Pensava exatamente sobre isso tudo hoje à tarde.
Escreva sempre, em verso ou prosa, mas escreva.
Você vive no coração!

9:03 PM  
Anonymous Claude Sarie disse...

Dani Aires Baleeiro...

Além de um rostinho (MUITO) bonito,trata-se de um "cerebrozinho" interessantisimo...

Parabéns,

11:31 AM  
Anonymous Bianca disse...

DANIIIIIII!!!!!!!

VOCÊ, E UMA CAIXINHA DE SURPRESA!
E GRAÇAS A DEUS AGRADAVEIS.
PARABENS,NÃO SO PELOS POEMAS, MAS PELO SER HUMANO QUE ES.

BEIJO GRANDE,
DA SUA ALUNA,NOVA AMIGA.
SAIBA QUE PODES CONTAR COMIGO E COM O TULIO, SEMPRE!!!
BIANCA GRANEIRO

7:29 PM  
Anonymous mary baleeiro disse...

Daniiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!Irmã, linda, sensível!Minha flor.Te amo e agradeço sempre em ter uma irmã tão linda e inteligente e tão humana!!!!
Continue acreditando em seus sonhos e luta.Bjos e te amo.

Mary Baleeiro

5:07 PM  
Blogger Sueli disse...

SE O MUNDO FOSSE FEITO SÓ DE POESIA
E MUSICA, COM CERTEZA,SERÍAMOS MAIS FELIZES...
PARABÉNS MEU VELHO AMIGO BACCA POR SENSIVEL IDÉIA...

BACIO IN TUO CUORE !
KUKI

7:23 PM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial