POETAS DO BRASIL

Blog para divulgar poetas brasileiros e estrangeiros que têm participado das atividades do Congresso Brasileiro de Poesia, realizado anualmente na cidade de Bento Gonçalves/RS, sempre na primeira semana de outubro

terça-feira, abril 13, 2010

JANETE TEREZINHA NODARI FRACALOSSI — É natural de Bento Gonçalves, onde nasceu em 26 de novembro de 1958. Formou-se em Letras pela Fundação Educacional da Região dos Vinhedos. Publicou, em 1993, “Fendas da Paixão”, volume 17 da Coleção Prata Nova. Participou, em 1995, da Antologia bilíngüe “Presença de Itália”. Recebeu inúmeras premiações em concursos literários, entre eles: Concurso Universitário de Literatura da FERVI, Concurso de Contos, Crônicas e Poesias, da Secretaria de Educação e Cultura de Bento Gonçalves, Concurso Literário Mansueto Bernardi, da Prefeitura Municipal de Veranópolis, Concurso de Poesias Oscar Bertholdo, da Prefeitura de Carlos Barbosa, Concurso Nacional de Poesia em Homenagem a Ayrton Senna, do Instituto de Poesia Internacional de Porto Alegre, Concurso Literário Sementes e Vitórias de Bento Gonçalves, alusivo aos 125 anos de imigração italiana, Concurso Storia Nostra, do Jornal Pioneiro e Festa da Uva de Caxias do Sul. Publicou regularmente seus poemas na revista Enfoque e no Jornal Garatuja. De seus escritos disse o poeta Oscar Bertholdo: “têm o necessário jeito de uma paisagem, nela vemos muito da vida que nos cerca, vemos muito dos sonhos que nos restam”.

MEU TEMPO

© JANETE TEREZINHA NODARI FRACALOSSI

Meu tempo é de ser um vale
Alimentando estações,
Madurando frutos
de um pomar de ilusões.

Meu tempo é de ser um rio,
despretensioso,
Que, à noite,
Tem olhos,
Mãos e boca desalinhados.

Meu tempo é o feminino.
O corpo é um livro.
O poema, semente.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial