POETAS DO BRASIL

Blog para divulgar poetas brasileiros e estrangeiros que têm participado das atividades do Congresso Brasileiro de Poesia, realizado anualmente na cidade de Bento Gonçalves/RS, sempre na primeira semana de outubro

segunda-feira, abril 12, 2010

MARCIA CARGNIN — É natural de Bento Gonçalves, onde nasceu no ano de 1956. Formada em Letras pela Universidade de Caxias do Sul, iniciou suas atividades literárias em 1976, publicando contos na imprensa local. Depois passou a publicar contos e poemas também na imprensa regional. Ao longo dos anos, obteve diversas premiações em concursos literários, tanto em nível municipal como estadual e nacional. Participou em quase duas dezenas de antologias e publicou sete livros: “Espelho Magia Mulher” (poesia, 1990), “Pele a Pele” (conto e poesia, 1994), “Homem-Mulher” (poesia, 1994), “Essas Crianças” (contos infanto-juvenil, 1998), “Crianças” (contos infanto-juvenil, 2000), “Meu Amor, Nosso Amor” (poesia, 2001) e “Haverá um novo amanhecer” (conto, 2003).

DELÍCIAS

© MARCIA CARGNIN

Quando o lençol branco for dilacerado,
quando tuas veias aflorarem o azul do céu,
a paixão violentar teu coração,
o tempo não se importar com o próprio tempo,
o calor da noite não provocar delírios,
o cheiro da relva te parecer um perfume discreto,
o sol cercar o teu hemisfério,
teu mundo te parecer pequeno,
significativo,
o prazer for sentido na sensibilidade de tua pele,
explode menina...
É hora de se fazer mulher.
É tempo que não acaba,
sonho composto de realidade.
Perda do homem no seu equilíbrio.
Batalha quase vencida.
É mulher em tempo hábil.
Semente do acaso nascido.
Um ponto germinado.
São cristais ao vento,
são delícias de verão.


0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial