POETAS DO BRASIL

Blog para divulgar poetas brasileiros e estrangeiros que têm participado das atividades do Congresso Brasileiro de Poesia, realizado anualmente na cidade de Bento Gonçalves/RS, sempre na primeira semana de outubro

sexta-feira, junho 29, 2007



ADÉLIA MARIA WOELLNER — nasceu em Curitiba e reside em Piraquara (PR). Formou-se em Direito, em 1972, quando foi premiada com quatro medalhas, inclusive a de ouro, por haver obtido o 1º lugar no curso jurídico-noturno. Foi professora (Direito Penal) na PUC do Paraná e Chefe do Departamento de Recursos Humanos na RFFSA, onde foi agraciada com a comenda do Mérito Ferroviário. Pertence à Academia Paranaense de Letras (Cadeira nº 15), ao Centro de Letras do Paraná, do qual foi Presidente (biênio 98/99) e a inúmeras outras entidades culturais. Teve seu nome incluído em diversas obras literárias, entre as quais: Dicionário Literário Brasileiro (Raimundo de Menezes) e Enciclopédia de Literatura Brasileira (OLAC/FAE-MEC).
Publicou em poesia: Balada do Amor que se Foi, Nhanduti, Poesia Trilógica, Encontro Maior, Avesso Meu.., Poemas Soltos, Infinito em Mim (edições em Português, Espanhol, Italiano, e bilíngüe em Português e Francês, Inglês e Alemão); Sons do Silêncio. Em edições de bolso, publicou: Poemas para Orar e Meditar (seis edições, 130.000 exemplares), Poemas para Amar (três edições, 40.000 exemplares) e Trovas do dia-a-dia (1ª edição, 20.000 exemplares). Ainda na área da poesia, lançou o CD Nhanduti-Sempre Poesia.
Outras publicações: Férias no Sítio (infantil); Luzes no Espelho, A Literatura e a História do Paraná (prosa) e Para Onde Vão as Andorinhas (pesquisa) e Graciette Salmon - A Ciranda da Estrela Sozinha (ensaio).
Tem no prelo: A Menina que Morava no Arco-Íris (infantil) e Travessias...– do inconsciente ao consciente (prosa).


CONQUISTA

© ADELIA MARIA WOELLNER

Joguei o laço,
ajustei o nó;
apertei o espaço
e segurei o tempo.

Onde e quando
agora não existem.

Basto-me eu só,
na insistência
em viver...

(do livro “Infinito em Mim”)

2 Comentários:

Blogger Olga M. disse...

Essa Reunião de Poetas do Brasil reuniu, realmente, aqueles que traduzem em versos o "pensamento" de todos os que fazem da Poesia a sua arma, sua rede, seu deleite.
Parabéns a todos, e ao meu amigo Ademir que conseguiu em um só ramalhete nos oferecer essas preciosidades.
Abraço

Olga Porto

7:46 PM  
Anonymous Anônimo disse...

Todo país deveria ser dirigido por poetas...

7:51 PM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial