POETAS DO BRASIL

Blog para divulgar poetas brasileiros e estrangeiros que têm participado das atividades do Congresso Brasileiro de Poesia, realizado anualmente na cidade de Bento Gonçalves/RS, sempre na primeira semana de outubro

segunda-feira, março 29, 2010

DOLANDMAY (Walter Silva) — Nasci em Presidente Prudente – SP, em 07/03/1973. De família simples, aos sete anos de idade, mudei com meus pais para a cidade de Itu – SP, onde dei inicio aos meus estudos e minha trajetória de vida. Quando menino tinha um sonho, ser jogador de futebol, fazendo parte de um clube. Ante a insistência de minha mãe, para que obtivesse um diploma, formei-me mecânico de autos na cidade de Itu em 1988. Muito cedo comecei a trabalhar em mecânica, ao mesmo tempo trabalhava e estudava, obtendo grande êxito em minha carreira. Participei de vários cursos, tanto pessoal , como técnico, desenvolvendo um grande conhecimento nesta área. Com muita dedicação e determinação. Hoje tenho o meu próprio estabelecimento, considerado um dos melhores especialista em mecânica e injeção eletrônica nesta área. Casado, pai de um lindo menino e uma grande mulher que amo! Comecei escrever ainda garoto, mas nunca havia publicado nada, com o incentivo de minha grande amiga poetisa , “Amarílis Pazini Aires”, que Amo! Divulguei meu primeiro poema “Minhas raízes”, versos que começam assim...Criei raízes numa terra de poetas..., realmente Minhas raízes poéticas estão a cada dia se aprimorando, desde então comecei a ser admirado por meus poemas. Em minha trajetória poética tento revelar a busca constante de novas formas de expressão. Em dezembro de 2008, editei meu primeiro livro, Poesias de Amor de Dolandmay. Entre meus poemas, destacam-se: Criei Raízes, Meus Momentos, Ilusão de um Amante, Meu Amor e outros mais... Quando estou escrevendo meu espírito voa “viaja” sem asas, rumo ao “Amor” Minha meta principal, despertando, encantos e fantasias, onde me dá a liberdade, de um mundo de imaginações... Um mundo melhor! Assim sou!...

QUEM SOU?

© DOLANDMAY

Se quiseres saber quem sou
Siga as batidas de seu coração,
aspire em sua volta o ar
e solte-o devagar,
Sinta a leveza do teu ser

Se quiseres saber quem sou
Não me procure na noite,
mas sim na luz do sol
Sinta na tua pele a energia aquecer

Se quiseres saber quem sou
Me procure no balanço do mar
na beleza das flores,
no cantar dos pássaros
Sinta seu espírito flutuar

Se quiseres saber quem sou
Me procure na felicidade, nos sonhos,
no conhecimento e na sabedoria
Sinta a sua alma sem dor,
sem abundância de vexame

Se quiseres saber quem sou
Siga a trilha da bondade,
Ame! de toda a verdade,
e saberás,... Eu sou o Amor!


0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial