POETAS DO BRASIL

Blog para divulgar poetas brasileiros e estrangeiros que têm participado das atividades do Congresso Brasileiro de Poesia, realizado anualmente na cidade de Bento Gonçalves/RS, sempre na primeira semana de outubro

quarta-feira, novembro 14, 2007

ABÍLIO TERRA JÚNIOR — Poeta, contista e cronista, natural de Belo Horizonte, MG, onde reside, depois de ter vivido no Rio de Janeiro, Montes Claros e Brasília. Quando jovem, participou da Orquestra de Violinos de Stepan Craciun.
É formado em Economia pela Faculdade de Ciências Econômicas da UFMG, área à qual dedicou-se profissionalmente, aposentando-se pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.
Participa do movimento poético internacional Poetas Del Mundo, exercendo a função de Cônsul em Belo Horizonte. Participou, com o e-book de poesias “Princípio e Fim”, da Revista CD-Rom Escola (no. 6).
É membro da União Brasileira de Escritores (UBE). É autor dos seguintes livros: “Os Homens Pássaros” (poemas, 2002); “Em Um Caminho Desconhecido” (contos e crônicas, virtual); “Um Sonho e Um Poeta” (contos e crônicas, virtual); “De Passagem... Deslizes” (poemas, virtual); “Princípio e Fim” (poemas, virtual); “Detrás de Um Portal” (poemas, virtual); “Esta Lua Pedregosa” (poemas, virtual).

ESCORREGAR PELO NOTURNO

© ABILIO TERRA JÚNIOR

escorregar pelo noturno pequenino
meio cego
sem lugares comuns

uma vida entreaberta
entre mil letras desertas
que são também objetos
o desejo e o anseio
permanecem adormecidos

ninguém percebe o universo
que trafega ali ao lado
cada dedo encontra
o outro desocupado
em bilhões de estrelas negras
que se devoram se exploram

o direito ao riso é um dogma
de uma bula antiga
mas o deus ama Leda naquele instante
e Narciso nos arrebata ao fundo do rio
com casas de janelas e portas fechadas

em um instante percebemos e no outro voltamos
nos sentamos defronte ao espelho sem reflexo

4 Comentários:

Anonymous Nadir A D'Onofrio disse...

Abilio

Parabéns meu amigo!
Mais uma poesia sua que encanta!
Nadir A D'Onofrio

6:36 PM  
Anonymous Luiza Helena Terra disse...

Meu querido poeta,

encantos mil. Parabéns por mais esse lindo poema.
sua esposa. Luiza Helena Terra

9:06 PM  
Anonymous Anônimo disse...

Parabéns, o Ademir Bacca caprichou no blog. Bela poesia, bela foto e bela biografia. Vou copiar ( menos a poesia, aguardo uma outra sua ) e publicar na minha 'nossa' página impressa. Você autoriza ? Beijos talentosa poetisa.
Selmo Vasconcellos

11:15 PM  
Anonymous Alcina Maria Silva Azevedo disse...

Abílio Terra, grande poeta e contista.
Tem um estilo diferente que nos leva ao devaneio e sonhos.
Gosto do que ele escreve. Abraços e parabéns por mais este poema. Alcina Maria.

12:15 AM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial